Augusto Cury

O homem mais inteligente da história é a obra-prima de Augusto Cury

O homem mais inteligente da história é a obra-prima de Augusto Cury

Autor brasileiro mais lido nos últimos anos no País, Augusto Cury volta à ficção para apresentar as conclusões de pesquisas e estudos desenvolvidos ao longo de 15 anos. Considerado o projeto mais importante de sua carreira, o livro narra a jornada de Marco Polo – o emblemático personagem criado há dez anos no romance O futuro da humanidade – para analisar a mente de Jesus sob a luz da ciência.

Em O homem mais inteligente da história, o primeiro volume da trilogia, que será lançado pela Editora Sextante no mês de outubro, Cury descreve o dilema de um dos maiores ateus da atualidade. Após sofrer uma terrível perda pessoal, o psiquiatra Marco Polo participa de um ciclo de conferências na ONU, em Jerusalém, e é confrontado com uma pergunta surpreendente: Jesus sabia gerenciar a própria mente?

Marco Polo acredita que ciência e religião não se misturam e se recusa a responder o questionamento – No entanto, instigado pelo tema, decide analisar a inteligência de Cristo à luz das ciências humanas. O que esperava encontrar era o perfil de um homem simplório, com poucos recursos emocionais. Mas ao mergulhar na biografia de Jesus presente no Livro de Lucas, ele vê suas crenças sendo colocadas em xeque.

Em uma mesa-redonda composta por sua assistente, a psiquiatra Sofia, além de dois brilhantes teólogos e um renomado neurocirurgião, Marco Polo começa a decifrar os sentidos ocultos em um dos textos mais famosos do Novo Testamento. Os debates são transmitidos via internet e cativam espectadores em todo o mundo – mas nem todos estão preparados para ver Jesus sob uma ótica tão revolucionária. Agora os intelectuais terão que lidar com seus próprios fantasmas emocionais e encarar perigos que jamais imaginaram enfrentar.

Publicado em mais de 70 países e com 28 milhões de livros vendidos apenas no Brasil, Augusto Cury já tem programado os próximos títulos da trilogia. “O sermão da Montanha” e “Amor e sacrifício” serão publicados também pela Editora Sextante em 2017 e 2018, respectivamente. A história de Marco Polo está sendo adaptada e irá se tornar uma produção audiovisual, comandada pelo diretor Jayme Monjardim. Ainda este ano, Cury marca sua estreia também nas telas de cinema com “O vendedor de sonhos”, filme homônimo de um de seus best-sellers.

 

Voltar

CONTACT

Receive the newsletter. Sign Up Now!